CENTRO DE TREINAMENTO

Com habilidade nata para o trabalho de pastoreio, os cães da raça Border Collie prestam-se como excelentes ferramentas na atividade pecuária, possibilitando um manejo racional do rebanho, minimizando sensivelmente seu estresse. O temperamento, agilidade e capacidade de entender comandos desses cães são determinantes na viabilização da atividade.

Proveniente da região da divisa da Inglaterra e Reino Unido, a raça foi selecionada de forma a auxiliar o condutor na lida de trabalho. Capacitado, ele pode, com facilidade, realizar o trabalho sem precisar contar com excesso de mão de obra.

O Centro de Treinamento Monjolo Queimado prepara estes animais para o trabalho, que é realizado a partir de técnicas de condicionamento que permitirão, ao longo do treinamento, o desenvolvimento e a capacitação do cão e de seu condutor, de forma que estes possam  solucionar situações rotineiras  da lida do rebanho, seja este composto por  ovinos ou bovinos.

A atividade de pastoreio é também uma modalidade esportiva e encontra lugar em competições realizadas no mundo todo, inclusive no Brasil, onde vem crescendo de forma significativa.

Os Campeonatos de Pastoreio, além de propiciar a reunião e interação entre competidores, visam identificar cães com maior habilidade e capacidade na condução de rebanhos, colaborando com a seleção e melhoramento da raça. Servem ainda como vitrine, para que treinadores possam mostrar o resultado de seu trabalho.

Os competidores desta modalidade possuem diferentes perfis, visto que, além de treinadores, pecuaristas e cabanheiros, participam das provas pessoas que procuram realizar uma atividade complementar, seja ela de trabalho ou lazer.

Treinador e responsável pelo Centro de Treinamento: Guillherme Ferreira Mello (Timelinho) – Zootecnista